Skip to end of metadata
Go to start of metadata

A contabilidade é uma parte fundamental para a boa gestão de qualquer organização, no entanto carece de alguns conhecimentos básicos para a sua correta utilização.

Este guia pretende ser uma ajuda para quem inicia pela primeira vez a utilização deste módulo.



1)     Abrir o exercício de 2018

Se ainda não utilizaram o módulo de contabilidade, é provável que ao acederem aos exercícios esteja com o ano 2017, devem editar e alterar o ano para 2018:


É no ecrã dos exercícios que pode encontrar o relatório de Apresentação de Contas, que deverá apresentar anualmente à Diocese.


2)     Configurar as contas necessárias

Inicialmente só temos as contas base, que são necessárias para o relatório de Apresentação de Contas, deverá criar e personalizar o plano de contas de acordo com as suas necessidades. Para exemplificar, vamos criar a conta de Banco BCP e a conta de caixa a.

  1. Criar a conta Caixa
  2. Criar a subconta caixa a (podemos ter várias contas de caixa)
  3. Criar a conta de Bancos
  4. Criar a subconta Banco BCP (podemos ter contas em vários bancos)
  5. Criar a conta da água
  6. Criar a conta das telecomunicações
  7. Criar a conta dos estipêndios de missa
  8. Criar a conta de Resultado liquido do período
  9. E agora criar a subconta Resultado liquido, que serve para lançar o valor que transitou do período anterior, e vamos utilizar para fazer o lançamento de abertura.


3)     Configurar os diários necessários

Os diários servem para classificarmos as despesas de acordo com a sua tipificação. Por exemplo, podemos ter um diário compras para todos os documentos de compra, o diário vendas para todos os documentos de venda, o diário de abertura para a abertura de ano, ....

  1. Vamos criar os diários: Compras, Vendas e Abertura:


4)     Configurar as Tipologias de documentos necessários

As tipologias de documentos, são todos os documentos que introduzimos no sistema, tais como Notas de dívida, Donativos, Compra a dinheiro, Compra a crédito, Adiantamento, Abertura, ...

  1. Vamos criar as tipologias de documentos: Notas de dívida, Donativos, Compra a dinheiro, Compra a crédito e Abertura


5)     Configurar os centros de custo

Podemos definir os nossos centros de custo, por exemplo, se a Paróquia tiver 2 igrejas, são 2 centros de custo. Vamos criar os centros de custo com as localizações da Paróquia, neste caso Igreja do centro e Igreja da Ponte:


6)     Lançar o saldo de abertura

Quando iniciamos um novo ano (exercício) existem saldos que passam do ano anterior para este ano, devemos realizar o lançamento do saldo de abertura para termos a noção de como estão as contas da Paróquia no momento. Vamos lançar o saldo de abertura da conta caixa e banco em contrapartida com a conta de resultado liquido (o valor que sobrou do período anterior). Estamos a considerar que na conta caixa temos de saldo de abertura 500 € e no banco 1500 €:


7)     Lançar uma conta de água e uma conta de comunicações



8)     Lançar uma intenção de missa



9)     Consultar o Balancete analítico



10)  Consultar o Extrato de contas da conta Banco


 

Notas auxiliares de contabilidade:

 

Regras Básicas dos Lançamentos de Contabilidade

 

 

Débito

Crédito

Activo

Aumenta

Diminui

Passivo

Diminui

Aumenta

Situação Liquida

Diminui

Aumenta

Custo

Aumenta

 

Proveito

 

Aumenta

Activo - É constituído pelos bens da empresa e pelas dividas de terceiros  à empresa. (clientes)

Passivo - É constituído pelas dividas da empresa a terceiros. (fornecedores, bancos e estado)

Situação Liquida - Capital Social, Reservas e Resultados

Custos - Custos com pessoal, fornecimentos e serviços externos, matérias primas, mercadorias, etc. (classe 6).

Proveitos - Vendas de produtos e serviços (classe 7).

Terceiros - Clientes, fornecedores, bancos e estado.

 

 

Alguns Exemplos de Lançamentos Básicos

 

Custo de Electricidade

 

Débito

Crédito

Custo de Electricidade

62211 - Electricidade

 

 

24323 - IVA Dedutivel OBS

 

 

 

11/12/ 221 - Caixa, DO ou Fornecedores

 

Pagamento a um Fornecedor

 

Débito

Crédito

Pagamento a um Fornecedor

221 - Fornecedor

11/12 - Caixa ou DO

 

Recebimento de um Cliente

 

Débito

Crédito

Recebimento de um Cliente

11/12 - Caixa ou DO

211 - Cliente

 

Compra de mercadorias

 

Débito

Crédito

Compra de Mercadorias

312 - Compra de Mercadorias

 

 

24321 - IVA Dedutivel Existências

 

 

 

11/12/ 221 - Caixa, DO ou Fornecedores

 

Entrada da Mercadoria em Armazém (SIP)

32 - Existências

312 - Compra de Mercadorias

 

Venda de mercadorias

 

Débito

Crédito

Venda de Mercadorias

 

711 - Venda de Mercadorias

 

 

2433 - IVA Liquidado

 

11/12/ 211 - Caixa, DO ou Clientes

 

 

Custo/Saída da Mercadoria do Armazém

611 - Venda de Mercadorias

32 - Existências

 

Compra de um Computador

 

Débito

Crédito

Compra de um computador

426 - Equipamento Administrativo

 

 

24322 - IVA Dedutivel Imobilizado

 

 

 

11/12/ 221 - Caixa, DO ou Fornecedores

 

 

  • No labels