Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Em tipos de documento, podemos configurar os tipos de documento a utilizar no Kyrios.

Criar novos tipos de documento:

Podem criar todos os tipos de documento e séries que necessitar. Para criar novos tipos de documento deve clicar em adicionar e preencher o formulário:

Em relação a cada campo:

  • Código - é o código do tipo de documento, que será utilizado para facilmente associar o mesmo através do documento impresso (exemplo: ND);
  • Descrição - é a descrição por extenso do documento (exemplo para código ND: Nota de Dívida);
  • Tipo de movimento: indicar se o movimento é do tipo crédito ou débito;
  • Operador: indicar se nas contas correntes os lançamentos destes documentos devem adicionar ou subtrair ao valor. Por norma os documentos de crédito afetam negativamente a conta corrente, por isso deve ser seleccionado o operador - e os documentos de débito afetam positivamente a conta corrente, devendo ser seleccionado o operador +;
  • Ativo - para poderem utilizar o documento, o ativo tem que estar seleccionado, senão permanecerá apenas para histórico e não pode ser movimentado;
  • Autoliquidação - se não desejarem movimentar a conta corrente, esta opção deve estar inativa. Se estiver ativa todos os documentos são autoliquidados, o que acontece por exemplo nos donativos, que ao emitir o respetivo documento não fica pendente na conta corrente;
  • Afeta modelo 25 - se esta opção estiver ativa, todos os movimentos lançados neste documento serão refletivos no mapa do modelo 25 a comunicar às finanças.

Séries:

Todos os documentos de movimentos, necessitam de pelo menos 1 série para funcionar. Nos documentos que são criados por defeito, existe a série 1, mas podem criar mais séries. As séries são úteis para por exemplo utilizarem 1 série por local de culto e/ou séries por anos.

As séries podem ser definidas após a criação do tipo de documento, surgindo uma grelha deste género: 

Para adicionar novas séries deve clicar no símbolo + que está por baixo da coluna ativa.

Em relação aos campos, segue aqui uma explicação:

  • ativa - indica se a série está ativa, se não estiver ativa não poderá ser movimentada e fica armazenada apenas para histórico dos documentos;
  • série - designação da série, por defeito está criada a série 1, mas podem criar séries com indicação do local de culto (exemplo: LOCAL1);
  • Sufixo - serve para colocar um sufixo, por exemplo, se desejarem utilizar séries por anos, podem colocar aqui o ano do estilo /2017 e desta forma todos os documentos serão numerados com o ano no final;
  • Número inicial/atual - indica o número em que irá iniciar a série de documento. Em situações em que estejam a migrar de um outro software, podem parametrizar as séries para iniciar no número em que ficaram no software anterior;
  • Número limite - este é o último número a ser utilizado no numerador, ou seja, quando chegar ao limite não poderão ser gerados mais documentos na série, devendo utilizar outra série;
  • Número de dígitos - é o número de dígitos utilizados no número do documento. Se não necessitar de muitos dígitos, para simplificar a gestão podem diminuir de 10 para 4 por exemplo;

Tipos de documento já criados por defeito

Por defeito já estão criados os seguintes tipos:

  • No labels